Poetica Semita Libertatis – Frete Grátis

R$72.00

“Poetica: Semita Libertatis” é uma obra literária que mergulha profundamente no universo da poesia e da filosofia, explorando a busca pela liberdade através da arte e da introspecção. O título em latim, que pode ser traduzido como “Poética: O Caminho da Liberdade”, sugere uma jornada literária e espiritual em busca do significado e da essência da liberdade.

Contexto e Estrutura

A estrutura do livro é organizada em uma série de poemas interligados por temas e motivos recorrentes, cada um funcionando como um degrau na escada para a liberdade pessoal e coletiva. A obra é dividida em seções que abordam diferentes aspectos da vida e da liberdade, desde as lutas internas e os conflitos sociais até as vitórias pessoais e as epifanias espirituais.

Temas Principais

1. Liberdade Individual:
– Explora a ideia de libertação pessoal, focando na autodescoberta e na emancipação das limitações impostas pela sociedade e pelas próprias inseguranças. Os poemas incentivam o leitor a encontrar sua própria voz e a viver de acordo com seus verdadeiros desejos e convicções.

2. Conflito e Resistência:
– Muitos poemas abordam o tema do conflito, tanto interno quanto externo, e a resistência necessária para superar obstáculos. A luta contra a opressão, seja ela política, social ou emocional, é um tema central, destacando a coragem e a resiliência necessárias para alcançar a liberdade.

3. Natureza e Espiritualidade:
– A conexão com a natureza e a busca por uma compreensão mais profunda do eu através da espiritualidade são elementos recorrentes. A natureza é frequentemente utilizada como metáfora para a liberdade e a paz interior, e a espiritualidade é apresentada como um caminho para a verdadeira libertação.

4. Amor e Conexão:
– O amor, em suas várias formas, é visto como um meio de alcançar a liberdade. Através de relacionamentos profundos e significativos, os indivíduos podem encontrar força e inspiração para superar as barreiras que os impedem de serem livres.

5. Expressão Artística:
– A própria arte da poesia é celebrada como uma forma de liberdade. A criatividade e a expressão artística são apresentadas como meios poderosos de transcender as limitações e de se conectar com a verdade interior.

Estilo e Linguagem

A linguagem em “Poetica: Semita Libertatis” é rica e evocativa, cheia de imagens vívidas e metáforas profundas. O autor utiliza um estilo lírico que combina o rigor formal da poesia clássica com a espontaneidade e a inovação da poesia contemporânea. Cada poema é cuidadosamente construído para provocar reflexão e despertar emoções, guiando o leitor através de uma experiência estética e introspectiva.

Impacto e Relevância

Esta obra é particularmente relevante em tempos de luta por liberdade e justiça, ressoando com qualquer pessoa que esteja buscando entender e alcançar sua própria liberdade. Através de seus versos poderosos e reflexões profundas, “Poetica: Semita Libertatis” oferece um mapa poético para a jornada da libertação, tanto pessoal quanto coletiva.

Conclusão

“Poetica: Semita Libertatis” é uma obra que transcende a simples leitura e se transforma em uma experiência transformadora. Ao explorar a liberdade em suas diversas formas através da poesia, o livro oferece ao leitor não apenas uma reflexão sobre a condição humana, mas também uma inspiração para a busca contínua por um estado de liberdade genuíno e autêntico.

Alexandre Carneiro

Natural do Rio de Janeiro e morando desde 1972 em Salvador-Bahia, onde estudou e se formou, primeiramente em Química na antiga Escola Técnica Federal Da Bahia e depois em História na Universidade Católica de Salvador, tendo escolhido no ano 2000 adentrar na licenciatura ensinando História.

 Em 2023 se aposentou da Rede Estadual de ensino e continua como Professor na Rede Municipal.

 Viajante e adepto do ciclo-turismo de onde alimentou seu caudal poético.

 Desde a década de 80 do século XX Alexandre, que adotou o nome de fantasia Poeticus Eternus ou Poeta Eterno, já escreve suas percepções sobre o cotidiano e sempre versejando suas experiências como um ser em busca de respostas. Sempre desbravando novos lugares e se auto-conhecendo através do viés poético.

 É nesta busca por um mundo com mais poesia, amor e luz é que Alexandre procura se expressar escrevendo poesias intimistas, históricas e contextualizadas.

  É somente ler suas poesias e conhecê-lo mais.